Arquivos da categoria: Palavras do Papa

Papa Francisco: “Não existe cristão sem alegria!”

Papa Francisco - capela - tempo especial

Podemos caminhar rumo àquela esperança que os primeiros cristãos representavam como uma âncora no céu. Aquela esperança que nos dá alegria”, disse Francisco, na homilia dessa segunda-feira.

Continuar lendo

“Aos olhos de Jesus, não há ovelhas definitivamente perdidas”

Pastor

O Papa Francisco, em sua catequese geral realizada na praça de São Pedro, em 04/05/2016,  disse, entre outras palavras, o seguinte: “Aos olhos de Jesus, não há ovelhas definitivamente perdidas, mas apenas ovelhas que devem ser reencontradas. E Ele impele-nos a sair à procura delas. Não há distância que o pastor não possa superar; e nenhum rebanho pode renunciar a um irmão que anda perdido. Encontrar quem se perdeu é a alegria do pastor e de Deus, mas é também a alegria do rebanho. Todos nós somos ovelhas reencontradas e trazidas para casa pela misericórdia do Senhor; e somos chamados, por nossa vez, a reunir juntamente com Ele o rebanho inteiro.” (grifo nosso)

Isso nos faz lembrar também de um trecho de uma mensagem de Nossa Senhora de Anguera, que transcrevemos abaixo, que está em sintonia com as palavras ditas acima pelo seu filho predileto, Papa Francisco:

Quando vos acontecer cair, não desanimeis. Meu Jesus é o Bom Pastor. Ele vos levantará e vos levará em seus braços. Foi por vós que Meu Jesus morreu na cruz. Ele abriu o Céu para vós. Coragem. Nada ou ninguém está perdido.” (trecho da mensagem de Nossa Senhora de Anguera nº 3.810, de 23/04/2013) (grifo nosso)

Fonte das palavras do Papa:  https://pt.zenit.org/articles/papa-francisco-aos-olhos-de-jesus-nao-ha-ovelhas-definitivamente-perdidas/

Fonte da mensagem de Nossa Senhora: Site oficial Apelos Urgentes de Nossa Senhora, cujos endereços são esses: www.apelosurgentes.com.br ou www.pedroregis.com

“O protagonista da Igreja é o Espírito Santo.”

prov

O protagonista da Igreja é o Espírito Santo, afirmou o Pontífice na homilia desta quinta-feira, 28, na capela da Casa Santa Marta.”

É Ele que desde o primeiro momento deu força aos apóstolos para proclamar o Evangelho”, é “o Espírito que faz tudo, o Espírito que conduz a Igreja adiante” mesmo “com seus problemas”, mesmo “quando se desencadeia a perseguição” é “Ele que dá força aos crentes para permanecerem na fé”, inclusive nos momentos “de resistência e insistência dos doutores da lei”.

Fonte: https://pt.zenit.org/articles/papa-francisco-quando-alguem-tem-medo-de-ouvir-nao-tem-o-espirito-em-seu-coracao/

O Papa Francisco alerta: O Diabo não é um mito, ele existe!

alx_internacional-papa-francisco-20140901-007_originalO papa Francisco disse em sua homilia nesta quinta-feira no Vaticano que “o diabo não é um mito” e a vida cristã é uma “batalha contra o satanás, o mundo e as paixões da carne”. Não é a primeira vez que o sumo pontífice fala da existência do diabo e, segundo especialistas na Igreja Católica ouvidos pelo jornal italiano La Repubblica, nenhum dos últimos seis papas têm falado tantas vezes das tentações do mal como o papa argentino. Como bom jesuíta, Francisco têm constantemente alertado os fiéis sobre “as ciladas do diabo”.

“Não se pode pensar em uma vida espiritual, uma vida cristã, sem resistir às tentações, sem lutar contra o diabo, sem o uso da armadura de Deus, como disse São Paulo”, afirmou o papa. Ele também sublinhou que a vida em Deus deve ser defendida e a luta contra as tentações e o mal “não é um simples confronto, mas uma batalha sempre em curso”. Em uma crítica à sociedade contemporânea, o sumo pontífice disse que “esta geração têm sido levada a acreditar que o diabo é um mito, uma figura, uma ideia, a ideia do mal. Mas o mal existe e devemos combatê-lo”.

Palavras do Papa – Angelus do dia 19 de Outubro de 2014

igreja

Amados irmãos e irmãs!

No final desta solene celebração, desejo saudar os peregrinos da Itália e dos vários países, com um pensamento deferente às Delegações oficiais. Em particular, saúdo os fiéis das dioceses de Brescia, Milão e Roma, relacionadas de modo significativo com a vida e o ministério do Papa Montini. A todos agradeço a presença e exorto a seguir fielmente os ensinamentos e o exemplo do novo Beato.

Ele foi um defensor denodado da missão ad gentes; disto dá testemunho sobretudo a Exortação apostólica Evangelii nuntiandi com a qual pretendeu despertar o impulso e o compromisso pela missão da Igreja. Esta Exortação ainda é actual, conserva toda a sua actualidade! É significativo considerar este aspecto do Pontificado de Paulo VI, precisamente hoje, que se celebra o Dia Missionário Mundial.

Antes de invocar todos juntos Nossa Senhora com a oração do Angelus, apraz-me frisar a profunda devoção mariana do BeatoPaulo VI. A este Pontífice o povo cristão será sempre grato pela Exortação apostólica Marialis cultus e por ter proclamado Maria «Mãe da Igreja», por ocasião do encerramento da terceira sessão do Concílio Vaticano II.

Maria, Rainha dos Santos e Mãe da Igreja, nos ajude a realizar fielmente na nossa vida a vontade do Senhor, assim como fez o novo Beato.

Papa: a vida cristã não é festa, mas “alegria em esperança”

papa

Cidade do Vaticano (RV) (30/05/2014) – “A tristeza de vocês se converterá em alegria”. A promessa de Jesus aos seus discípulos esteve no centro da Missa desta manhã do Papa Francisco na Casa Santa Marta. Em sua homilia, o Pontífice fez quase um hino à alegria cristã, que, observou, não se pode comprar, mas só receber como dom do Senhor. A alegria dos cristãos, disse ainda, é a “alegria em esperança”:

Continuar lendo

Um amigo ao qual rezar

papa_capela-santa-Marta

Rezar é como falar com um amigo: por isso «a oração deve ser livre, corajosa, insistente», até chegar a «repreender» o Senhor. Com a consciência de que o Espírito Santo está sempre presente e ensina como fazer. Foi o modelo da oração de Moisés que o Papa Francisco propôs na missa celebrada na manhã de quinta-feira 3 de Abril, na capela da Casa de Santa Marta.

Continuar lendo

Entrar no mistério de Deus: a Santa Missa

Papa Francisco - capela de Santa Marta

Em 10/02/2014, na capela de Santa Marta, o Papa Francisco, na sua homilia, falou sobre a Santa Missa: o mistério de Deus.

Partilhamos com vocês o comentário extraído do L’Osservatore Romano com grifos nossos:

Não se vai à missa com o relógio na mão, como se tivéssemos que contar os minutos ou assistir a uma representação. Vai-se para participar no mistério de Deus. E isto é válido também para quantos vêm a Santa Marta participar na missa celebrada pelo Papa, que – disse o Pontífice aos fiéis presentes na capela da sua residência, esta manhã, 10 de Fevereiro – «não é um passeio turístico. Não! Vós vindes aqui e reunimo-nos para entrar no mistério. Esta é a liturgia».

Continuar lendo

É um absurdo amar a Cristo sem a Igreja, segundo o Papa

papa_capela-santa-Marta

Na homilia de hoje (30/01/2014), na Capela de Santa Marta, o Papa Francisco falou que “O cristão não é um batizado que recebe o Batismo e depois segue o seu caminho. O primeiro fruto do Batismo é fazer-te pertencer à Igreja, ao Povo de Deus. Não se entende um cristão sem Igreja. E por isto o grande Paulo VI diz que é uma dicotomia absurda amar Cristo sem a Igreja; escutar Jesus mas não a Igreja. Não se pode. É uma dicotomia absurda.”

Continuar lendo

image_pdfimage_print